CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA CECÍLIA DO PAVÃO - PR - Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017

PREFEITO PADRE ZEZINHO CONCEDE ENTREVISTA PARA O JORNAL SOL NASCENTE. CONFIRA!!!

Foi com alegria que o Prefeito Padre Zezinho de Santa Cecília do Pavão/PR, recebeu o jornal Sol Nascente em seu gabinete para anunciar aos quatros cantos da terra, que este ano será um ano de muitas conquistas para cidade e para o povo de Santa Cecília do Pavão. O Prefeito Padre Zezinho fala sobre seu primeiro ano de mandato, sobre suas experiências, alegrias e tristezas, mostrando as conquistas de 2013 e as perspectivas para 2014. Reafirma o compromisso de trabalhar pelo bem comum e diz que a

Foi com alegria que o Prefeito Padre Zezinho de Santa Cecília do Pavão/PR, recebeu o jornal Sol Nascente em seu gabinete para anunciar aos quatros cantos da terra, que este ano será um ano de muitas conquistas para cidade  e para o povo de Santa Cecília do Pavão.
O Prefeito Padre Zezinho fala sobre seu primeiro ano de mandato, sobre suas experiências, alegrias e tristezas, mostrando as conquistas de 2013 e as perspectivas para 2014.
Reafirma o compromisso de trabalhar pelo bem comum e diz que a Saúde é sua prioridade.
O Prefeito fala sobre as eleições deste ano e sobre reeleição, disse que em 2013 trabalhou muito e administrou pouco, a partir de 2014 vai trabalhar mais e com uma diferença: “Vou administrar muito mais, é o que espera o povo que votou e confiou em mim.
 
JSN – Como foi seu primeiro ano de mandato como Prefeito de Santa Cecília do Pavão? Muito trabalho?
P. PZ – Sim, muitos trabalhos. Costumo falar que durante o ano de 2013 trabalhei muito mais do que  em minha vida inteira, muitos problemas para solucionar, sinceramente não foi fácil. Encontrei muitas dificuldades, barreiras que pareciam insuperáveis, porém com muitas lutas, trabalho, dedicação e boa vontade conseguimos vencer alguns obstáculos e agora é acreditar que o sonho pode tornar-se realidade.
 
JSN - Ainda sobre seu primeiro ano de mandato quais foram às principais dificuldades encontradas? O que senhor fez para resolvê-las?
P.PZ – Esta pergunta é muito boa, gostei quero aproveitar a oportunidade para respondê-la. Bom as principais dificuldades encontradas foram às seguintes:
Dívidas, encontramos diversas dívidas, algumas empenhadas, no entanto, sem dinheiro em caixa, outras anuladas,  e há um  fornecedor, e este quer receber. Outra dificuldade foi o Pátio Municipal, encontramos maquinários e carros sucateados ou no poleiro e sem dinheiro para arrumar (risos – estava muito complicado), outra dificuldade foi o desemprego, só em janeiro do ano passado atendi mais de 500 pessoas, acredito que 80% queriam um trabalho, enfim outra dificuldade encontrada foi a falta de habitação, grandes números de famílias sem casa digna para morar.
JSN – Mas o que o senhor fez para vencer ou superar essas dificuldades?
P.PZ- Quanto às dívidas decretei moratória e dialoguei com os fornecedores, em relação ao Pátio Municipal, ou seja,  os maquinários foram reconstruídos aos poucos. Quanto ao desemprego demos alguns passos importantes. Reafirmamos o compromisso de apoiar à micro e pequena empresa. Estabelecemos uma parceria com a Fazenda Cachoeira para oferecer a mão de obra nas estufas. Incentivamos o oferecemos cursos profissionalizantes.
Quanto à habitação apoiamos e nos esforçamos para cooperar com a COHAPAR na construção de 28 unidades habitacionais, que é um empreendimento, temos também em andamento 36 casas no Programa do Governo Federal “Minha Casa Minha Vida”, na Zona Rural foram construídas 11 unidades é um programa do Governo Estadual agora em 2014 temos projeto para construção de  mais 17 casas , sobre isso eu explicarei melhor num outro momento.
 
JSN – Qual das (duas) atividades é mais difícil ser Padre ou Prefeito?
P.PZ- Para ser padre eu estudei, fiz estágio, muita dedicação. Para ser prefeito já não tive essa preparação, então sofri um pouco até pegar o jeito de como as coisas funcionavam, porém,  ser Prefeito e mais difícil.
JSN – Senhor pensou em renunciar ou desistir diante das dificuldades?
P.PZ-  Não, nunca pensei em desistir, eu costumo falar que não sou político de profissão, mas sim de missão. Então a minha parte eu preciso fazer é não desistir nunca. Só quando a missão estiver cumprida. Claro que a oposição gostaria que eu renunciasse, mas com fé em Deus irei ate o fim. Diante das dificuldades, muitas vezes senti a mão de Deus. Certa vez estava triste com as dificuldades e duas pessoas em tempo e lugares diferentes me ajudaram muito, elas me falaram: “Com o tempo o senhor vai tirar de letra a sua administração, o senhor é uma pessoa inteligente, sábia, tem bom senso e é trabalhador e iluminado, pessoas assim Deus Abençoa”
Isso valeu muito para mim, alguns dias depois agradeci as pessoas que me disseram essas belas palavras e,  é claro que as palavras não foram idênticas mais muitas próximas umas das outras.
JSN – Quais foram às principais conquistas do seu primeiro ano como prefeito?
P.PZ – Sem dúvidas a saúde,  logo no primeiro semestre contratamos algumas especialidades, aliás pensamos na família, na mulher e na criança, contratamos uma ginecologista e um pediatra, e também, uma empresa para atender aos finais de semana e feriados. Para você ver nossa saúde já deu um passo importante e com certeza em 2014 será melhor, vamos continuar buscando alternativas.
JSN – Infra-estrutura qual a situação do município hoje? Quais as obras que estão em andamento.
P.PZ – Encontramos a cidade cheia de buracos, primeiro passo foi dado, dialogamos com a FUNASA e a empresa ODILON e, em seguida, fizemos duas operações tapa buracos, é claro que ainda não resolvemos a situação, novos buracos apareceram e também a empresa cortou mais o asfalto, porém estamos vigilantes, isto é, estamos atentos sabemos da necessidade de uma nova e maior operação tapa buracos e isto será feito ainda neste mês de janeiro ou no máximo no começo de fevereiro. Já reconstruímos algumas ruas que estavam intransitáveis e têm outras já programadas para serem reconstruídas. Outra obra em execução é nosso Matadouro Municipal, estamos fazendo tudo para a reinaugurá-lo este ano. Temos também um recurso do Governo Federal para realizar o recape asfáltico.
JSN – Fale para nós sobre as parcerias com Governos Estadual e Federal. Quais são as expectativas?
P.PZ – São muitas as expectativas com o Governo Estadual, aguardamos a liberação do PAM, recurso de 300.000,00 mil reais para o recape, aguardamos um caminhão, calcário para os agricultores, pedras irregulares para a zona rural e casas para famílias que realmente necessitam. Enfim, estamos dispostos a ir a Curitiba semanalmente para visitar as secretarias do governo, e ver quais programas o nosso município se enquadra, sabemos que há muitos. Em relação ao governo federal estamos na expectativa  de receber ainda neste semestre um caminhão, já esta também em andamento as 36 casas do programa “Minha Casa Minha Vida”, também algumas emendas parlamentares. Temos uma emenda para compra de uma pá carregadeira.
JSN- Quais foram suas principais prioridades na campanha? O que o Senhor vai fazer para realizá-las em 2014?
P.PZ – As principais prioridades foram: à saúde, habitação, geração de emprego e educação. Como já disse a saúde já teve seu primeiro passo com muitas conquistas e iremos melhora-las ainda mais, vamos inaugurar o raio x, firmar contratos com outros profissionais da área da saúde, inclusive concurso para novos profissionais  da área da saúde. Na habitação o objetivo e entregar as casas que estão na fase final de construção o mais breve possível, iniciar um novo empreendimento com 30 casas. Na geração de emprego manter as parcerias e lutar para construir um barracão industrial para apoiar micro e pequenas empresas, Na educação investir os recursos que vier e superar os 25% obrigatórios.
JSN- Câmara de Vereadores como foi o relacionamento em 2013 e como será em 2014?
P.PZ – Nossa relação com a Câmara  de Vereadores é relativamente boa, a maioria dos Projetos de Lei de autoria do executivo foram aprovados. É claro, que não foram todos aprovados, talvez faltou um pouco de diálogo, entretanto já sentamos e conversamos e em 2014 será diferente, pretendo dialogar mais com a Câmara e os principais projetos, se for preciso irei pessoalmente pedir aprovação. Quero estreitar o laço de trabalho e compromisso com os vereadores, afinal trabalhamos juntos para o mesmo município e para o mesmo povo que nos elegeram. E da harmonia e da união entre executivo e legislativo que se faz uma administração a serviço do povo e da democracia.
JSN- O Senhor é a favor ou contra a reeleição? Seu partido PPS defende o fim da reeleição, o senhor concorda?
P.PZ – Esta pergunta é difícil de responder. Veja na verdade vou repetir minha frase não sou político de profissão e sim de missão. Sei que o tempo passa muito rápido só olhar no ano passado. Então se a pessoa tem um projeto mais ousado, talvez 4 anos seja pouco, 8 anos também pode ser pouco, neste sentido não precisa necessariamente de reeleição , mas sim o mesmo grupo e o mesmo projeto . Eu não sou apegado ao poder, a fama e ao prestigio, não faço questão de me aparecer, pra mim o mais importante e a administração e a democracia.
JSN- O senhor é candidato a reeleição? Pretende se candidatar novamente ou indicar alguém?
P.PZ – Veja acabei de completar um ano de mandato, é muito cedo para falar em reeleição. Primeiro precisamos trabalhar muito para realizar o nosso projeto de mudança social e política. Nosso grupo é pequeno, mas todos trabalham com vontade de ajudar a cidade e o povo. Ainda não paramos para falar em reeleição, estamos recomeçando nossos trabalhos com intuito de administrar bem e deixar a reeleição nas mãos de Deus e do povo como fizemos na eleição passada.
JSN- O que a administração pretende fazer em 2014? Qual será a diferença de 2013?
P.PZ – Quando tomei posse em 2013 e começamos a trabalhar confesso que faltava um pouco de experiência política da minha parte, mas foi na prática e com boa vontade, lutamos e vencemos os obstáculos de 2013, ano muito difícil. Agora em 2014 faremos uma administração já com experiência e conhecimento de causa sabendo onde estão às dificuldades e mais fácil de superá-las e vencê-las. A própria equipe esta também mais preparada e animada. Vamos fazer muito por Santa Cecília do Pavão. A saúde, a habitação, geração de empregos, a educação e outras propostas nossas receberão atenção especial. A grande diferença será a inauguração ou reinauguração de obras e começo de outras. Como diz a canção “quem sabe faz na hora não espera acontecer”, você verá nossas conquistas .
JSN- O que o Sr. Gostaria de falar para o povo de Santa Cecília do Pavão nesse inicio de ano?
P.PZ – Primeiramente desejar a cada pessoa de Santa Cecília  do Pavão um feliz 2014, e dizer que assumo o compromisso de continuar trabalhando com dedicação, boa vontade e amor para mudar e melhorar nossa cidade. Ainda que digam que as coisas estão difíceis, mas a nossa vontade de vencer e ajudar transformara o impossível no possível. 2014 será o ano da virada, o ano que com certeza faremos a diferença.
JSN- Quais foram suas alegrias e tristezas em 2013?
 P.PZ- Veja tristeza foi ver a situação do nosso município perto de uma calamidade, dividas, falta de crédito, ruas com buracos e sem recursos, enfim não tínhamos condições de fazer quase nada de imediato, ainda veio à chuva de granizo que causou uma grande calamidade em nossa cidade.
Quanto à alegria foi ver nossa equipe assumir com vontade de trabalhar, contratação de novos médicos, eventos de datas comemorativas sendo comemorados e trazendo muita alegria a todos.
JSN- Para finalizar uma palavra de esperança para o povo de Santa Cecília do Pavão?
  P.PZ – Através de minhas palavras finais quero unir fé e esperança. Acredito que entrei na política pelo dedo de Deus e peço a força do braço Dele para vencer todas as dificuldades. Deus confiou a mim esta grande missão, então estou aqui, agora pronto, preparado para lutar e trabalhar para ajudar cada pessoa de Santa Cecília do Pavão com Fé em Deus e com esperança no coração o sonho vai tornar realidade. Que Deus abençoe você, sua família. Que Deus abençoe nosso povo, nosso município e a nossa administração, pois é uma administração com amor.
Fonte: ASSESSORIA PREFEITO

03/02/2014 19:26:42

2013 © Câmara Municipal de Santa Cecília do Pavão - Todos os direitos reservados